Quais as causas do excesso de gases no intestino?

Home » Alimentação Saudável » Quais as causas do excesso de gases no intestino?
a

O excesso de gases ou flatulência, pode afetar quase todas as pessoas em algum momento. Embora a passagem de gás e arrotos sejam formas naturais do corpo se livrar do excesso de ar preso no intestino, o excesso pode, às vezes, ser constrangedor e até mesmo doloroso.

Na maioria dos casos, o excesso de gases não é um sintoma de um problema sério. As pessoas, muitas vezes, podem reduzir a flatulência e o inchaço fazendo mudanças em sua dieta e no estilo de vida.

Observe o que você come

As bactérias intestinais ajudam na digestão dos alimentos, mas também produzem gases — geralmente à medida que digerem alimentos no intestino grosso. Os alimentos mais frequentemente ligados à liberação de gases intestinais são:

  • Feijões e lentilha;

  • Aspargos, brócolis, couve de Bruxelas, repolho, cebola, alho e outros vegetais;

  • Cervejas, refrigerantes e bebidas gaseificadas;

  • Lactose, o açúcar natural encontrado no leite e derivados;

  • Frutas, farelo de aveia, ervilhas e outros alimentos ricos em fibras solúveis, digeridos no intestino grosso;

  • Milho, massas, batatas e outros alimentos ricos em amido;

  • Sorbitol (adoçante artificial);

  • Grãos integrais, como arroz integral, aveia e trigo integral.

Essa lista abrange muitos alimentos saudáveis, mas você não precisa restringir severamente sua dieta. Muito provavelmente apenas alguns podem provar o inchaço e a necessidade de liberar os gases.

Algumas pessoas possuem problemas com a digestão do leite. Por isso, a lactose pode ser um grande causador de gases intestinais. A sensibilidade alimentar pode alterar com a idade e, ao longo do tempo, é possível desenvolver problemas para digerir produtos lácteos.

Dois passos simples podem auxiliar a descobrir os alimentos problemáticos:

  1. Mantenha um diário alimentar: quando você tiver inchaço ou gases, olhe para os alimentos que você comeu nas últimas horas – normalmente é quando os gases ocorrem.

  2. Experimente, um por um, os alimentos que você suspeita: coma um dos alimentos sozinho. Dá gases? Se não, espere um dia e experimente outro dos alimentos suspeitos. Continue percorrendo a lista em dias diferentes até encontrar a comida causadora da flatulência.

Ajuste a sua dieta

A melhor maneira de reduzir o ar no intestino é evitar alimentos que causam problemas. Se um alimento saudável causa gases — como grãos integrais e vegetais — reduza a quantidade ingerida. Então, gradualmente, comece a comer mais alimentos, aumentando a quantidade gradualmente ao longo das semanas, para dar tempo ao seu sistema digestivo se ajustar.

Evite engolir ar

Todos nós engolimos pequenas quantidades de ar. Isso é normal. Quando engolimos muito ar — chamado aerofagia — isso causa inchaço abdominal, gases ou arrotos. Preste atenção às coisas que você faz que podem fazer você engolir mais ar do que o necessário, como:

  • Goma de mascar;

  • Beber refrigerantes;

  • Comer muito rápido;

  • Fumar;

  • Usar dentaduras soltas.

Mexa-se

Caminhar, andar de bicicleta, correr e outras formas de exercício físico podem ajudar a mover o gás pelo trato digestivo, aliviando o inchaço.

Converse com seu médico se houver preocupação e excesso

Se as mudanças no estilo de vida não ajudarem e você estiver inchado ou com gases frequentemente, converse com seu médico.

Inchaço ou quantidades anormais de gases intestinais podem ser um sintoma de doença celíaca, síndrome do intestino irritável, supercrescimento bacteriano ou problemas associados ao pâncreas.

Seu médico pode sugerir testes para descartar problemas associados. Se o culpado é simplesmente os alimentos que você ama, seu médico também pode prescrever remédios — um estimulante gastrointestinal — que move o gás pelo intestino mais rapidamente.

Seven Fiber da ApisNutri

Seven Fiber é um mix de fibras alimentares solúveis e insolúveis. São sete fibras alimentares, que atuam de forma complementar, umedecendo o conteúdo intestinal e aumentando o trânsito do intestino, facilitando a evacuação. Além disso, suas fibras atuam como um pré-biótico, auxiliando na microbiota intestinal.

Seven Fiber oferece 16% da quantidade diária recomendada de fibras. Pode ser utilizado como ingrediente em qualquer receita sem alterar o sabor e a textura. E o melhor, não contém calorias.

Clique aqui e saiba mais.

Últimas postagens

Artigos

Cadastre-se em nossa Newsletter

Encontre os melhores produtos em nossa loja virtual

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print