Quais alimentos são ricos em fibras?

Home » Fibras » Quais alimentos são ricos em fibras?
a

A adoção de uma dieta rica em alimentos com fibras é garantia de um organismo saudável e de intestinos funcionando com regularidade. Mas, afinal, o que são fibras alimentares? Elas são compostos vegetais que estão presentes em diversos alimentos. Veja quais são eles:

  • Leguminosas: lentilha, grão de bico, feijão, ervilha;
  • Frutas: mamão, maracujá, banana, maçã com casca;
  • Farinhas integrais, farelos e grãos: milho, aveia, arroz integral, linhaça;
  • Vegetais: alface, espinafre, tomate cru, beterraba, brócolis;
  • Pães e biscoitos integrais.

Durante o processo de digestão, as fibras não são totalmente digeridas ou absorvidas pelo organismo. Elas alcançam o intestino grosso quase intactas e depois são eliminadas junto com as fezes. A maioria das pessoas pensa que as fibras servem apenas para manter o trânsito intestinal em bom funcionamento, porém, os benefícios das fibras vão muito além.

Confira, a seguir, como o consumo de alimentos fibrosos pode ser funcional para o nosso organismo:

  1. As fibras promovem uma limpeza no corpo. Por exemplo, a gordura que o organismo não digeriu é varrida pelas fibras, contribuindo para a diminuição dos níveis do colesterol;
  2. As fibras provocam saciedade já que a sua digestão é mais lenta. É ótima para quem está em dieta de emagrecimento;
  3. Quando as fibras chegam ao cólon se tornam mais volumosas e macias graças à capacidade desta região do intestino em absorver água. O consumo regular de fibras melhora e/ou previne casos de prisão de ventre;
  4. Serve de alimento para as bactérias boas presentes no intestino. Além disso, as fibras se transformam em fonte de energia no cólon, fator que pode contribuir para o não crescimento e proliferação de células cancerígenas que atuam no intestino;
  5. O consumo regular de fibras impede que a glicose penetre mais rapidamente na corrente sanguínea;
  6. Ajuda a prevenir doenças do coração.

Contudo, mesmo com todos os benefícios acima, há pessoas que têm dificuldade em adotar uma dieta rica em fibras, o que pode causar diversos males.

Verifique, a seguir, os sinais que o corpo emite quando é baixa a ingestão das fibras:

  • Mau humor: você sabia que 90% da serotonina é produzida no intestino? Pois bem, este importante neurotransmissor é o responsável pela sensação de bem-estar. Se o seu intestino não funciona direito, geralmente a culpa é uma alimentação cujas fibras não alcançam a quantidade mínima recomendada e que é de 25 a 30 gramas por dia;
  • Sistema imunológico em baixa: a ingestão de fibras “mexe” com a microbiota intestinal. O que isso significa? Que as bactérias que vivem no intestino aumentarão. Isso garante maior controle das inflamações e prevenção de doenças, como gripes e resfriados. É no intestino que se localizam mais da metade das nossas células de defesa, os linfócitos. Então, fique atento. Consumir a quantia necessária de fibras tornará o organismo mais forte para enfrentar doenças como os surtos de gripe que estão aparecendo a todo instante no país;
  • Inchaço abdominal: a falta de fibras na alimentação provoca prisão de ventre. O resultado é um abdômen inchado e dolorido, causando bastante desconforto. A dica é beber mais água e, é claro, consumir mais fibras;
  • Dificuldade para emagrecer: quando as fibras são ingeridas regularmente, o volume fecal aumenta. Esta condição evita os picos de glicemia e dá uma sensação de saciedade. O resultado é menos fome, acelerando a perda de peso.

Além de prevenir e resolver casos de constipação, as fibras regularizam o intestino evitando também os casos de diarreia. Mas vale novamente salientar. As fibras só produzirão os efeitos desejados se acompanhadas de ingestão de água. Caso contrário, as fezes ficarão duras.

Experimente o Seven Fiber da ApisNutri

Quem tem intestino preso sabe como pode ser tensa a evacuação. Portanto, vale a pena inserir na rotina o Seven Fiber. Um mix de fibras solúveis e insolúveis que auxiliam no processo de evacuação. Seven Fiber é zero açúcar e não contém calorias. Pode ser inserido na alimentação diária ou como ingrediente nas receitas funcionais.

Clique aqui e saiba mais.

Últimas postagens

Artigos

Cadastre-se em nossa Newsletter

Encontre os melhores produtos em nossa loja virtual

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print