Dia Nacional da Saúde: Panorama da educação alimentar no país e suas consequências.

Home » Alimentação Saudável » Dia Nacional da Saúde: Panorama da educação alimentar no país e suas consequências.

Instituído oficialmente em 1967, o Dia Nacional da Saúde é comemorado todo dia 05 de agosto no Brasil, em memória do médico sanitarista Oswaldo Cruz, responsável pelo êxito no combate de diversas epidemias e modernização da saúde pública no país.

A ideia desta data é conscientizar os brasileiros do cuidado com a saúde, valorizando este bem tão precioso. É uma oportunidade de reforçar o nosso compromisso individual, conosco mesmos.

Devido a isso, nesta data, gostaríamos de tratar de um assunto muito sério no Brasil: a falta de educação alimentar do povo brasileiro e as consequências deste problema.

O brasileiro se alimenta, mas pouco se nutre.
Dia Nacional da Saúde: panorama da educação alimentar no país e suas consequências. Assim como o resto do mundo, o brasileiro se alimenta, mas pouco se nutre. […] a balança do equilíbrio dos nutrientes está descompensada.
Associada a diversos problemas, a alimentação inadequada pode causar grandes distúrbios na vida de uma pessoa, desde o crescimento inadequado durante seu período de formação, até distúrbios mentais, pois afeta o humor, a concentração e até mesmo o desenvolvimento de distúrbios alimentares.

 

É importante entender que não estamos falando da falta de alimentos, sendo a fome outro problema também muito grave no Brasil. Não, falamos aqui sobre a alimentação inadequada, aquela que supre a fome, mas não nutre o corpo.

 

Sobre isso, comenta a farmacêutica e Coordenadora de Produto da ApisNutri, Larissa Balani: “Teoricamente, alimento é toda substância que serve para alimentar e/ou nutrir, e nutrir é dar sustento, produzir energia de qualidade. Contudo, assim como o resto do mundo, o brasileiro se alimenta, mas pouco se nutre. Fast foods, refeições rápidas e muito calóricas, ocupam massivamente o lugar de refeições saudáveis e realmente nutritivas.”

 

Além de causar distúrbios, a falta de nutrição e o novo hábito de consumo dos brasileiros acabam levando a outras condições de saúde, como a obesidade. “A balança do equilíbrio dos nutrientes está descompensada, e temos um número cada vez maior de obesos desnutridos. Hoje, cerca de 62% dos brasileiros apresentam sobrepeso e destes, quase 30% já se encontram em estado de obesidade.”, continua Larissa.

 

“Um problema muito sério e que necessita ser tratado logo na primeira infância, quando os hábitos alimentares estão sendo construídos, e a educação é a única forma de edificarmos novas bases nutricionais e cultivarmos hábitos alimentares que mudem, a médio prazo, a atual situação nutricional do povo brasileiro.”

 

O que comenta a nutricionista neste último parágrafo é muito importante, pois o consumo de alimentos calóricos e ultraprocessados sai mais caro do que uma alimentação nutritiva. Se colocarmos na balança, o volume de alimentos saudáveis que podemos comprar com o mesmo valor dos alimentos citados acima costuma ser a par, quando não muito maior.

 

Sendo assim, o caminho para uma nova sociedade, mais disposta e bem nutrida, passa por uma reeducação alimentar, que deve ser inserida na rotina de cada indivíduo de modo gradual, testando novas receitas, sabores e descobrindo o que está disponível em sua região.

 

Acompanhe a página da ApisNutri e descubra sempre novas receitas e dicas de como cuidar da sua saúde. Em nosso site, temos também diversos artigos que podem ajudar na sua reeducação em nossa seção de blog.

Últimas postagens

Categorias de Posts

Cadastre-se em nossa Newsletter

Encontre os melhores produtos em nossa loja virtual

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print