Cuidados com a pele na exposição ao sol

Home » Envelhecimento Precoce » Cuidados com a pele na exposição ao sol
a

Não há idade para cuidar da pele quando o assunto é exposição ao sol, especialmente durante o verão, época em que a radiação solar é mais intensa e as pessoas aproveitam as férias na estação mais quente do ano na praia ou piscina.

Sol em excesso pode provocar uma série de problemas, que incluem queimaduras, manchas, envelhecimento precoce e câncer de pele. Proteger a pele é indispensável e esse cuidado deve começar cedo, a partir dos seis meses de idade, mas esse hábito deve ser desenvolvido em todas as fases da vida, especialmente nos momentos de exposição ao sol.

Uso do protetor solar

A Sociedade Brasileira de Dermatologia defende o uso de filtro solar não apenas ao se expor ao sol, mas todos os dias, e o fator de proteção (FPS) deve ser, no mínimo, 30 – tanto para usar diariamente quanto na praia ou piscina.

É importante escolher produtos que protejam contra radiação UVA e UVB. No momento de se expor ao sol, é fundamental respeitar os horários determinados pela Sociedade de Dermatologia para não correr riscos: o correto é antes das 10h e após às 16h, períodos em que a radiação solar está mais baixa, sendo menos prejudicial à pele.

Além do protetor nas atividades ao ar livre, os dermatologistas recomendam o uso de chapéu e roupas de algodão, em vez de tecidos sintéticos, que bloqueiam apenas 30% a radiação ultravioleta (UV), e ainda de óculos de sol para prevenir doenças e lesões no olho. Tanto na praia, quanto na piscina, o ideal é usar barraca ou guarda-sol de algodão ou lona, que são eficientes em absorver 50% da radiação ultravioleta.

Cuidados com a exposição solar

O problema mais comum que surge com a exposição ao sol em excesso, sem os devidos cuidados, é a queimadura, que aparece em poucas horas. Com o passar do tempo, se expor ao sol de forma incorreta provoca a possibilidade de outros danos e doenças, favorecendo o ressecamento da pele, o surgimento de rugas e o risco de desenvolver câncer de pele.

Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia realiza a campanha Dezembro Laranja, voltada para a conscientização em relação aos riscos de contrair tumores cutâneos e alertar para a importância da prevenção. Os números assustam: no ano passado, o Inca, Instituto Nacional do Câncer, registrou quase 177 mil casos e mais de 2.500 mortes provocadas pela doença. A importância da prevenção se revela no fato de que o diagnóstico precoce possibilita a cura de 90% dos casos desse tipo de tumor. Portanto, fique atento e procure o médico caso perceba mudanças na pele, a exemplo de crescimento de sinais já existentes e feridas que não estão cicatrizando.

Vitamina A

As pessoas que se preocupam com a saúde, bem-estar e qualidade de vida, cuidando da alimentação e praticando atividades físicas ao ar livre, sendo esportistas amadores ou profissionais, não podem deixar de lado esse item essencial que é a proteção da pele.

Os cuidados incluem a hidratação do corpo, com o aumento da ingestão de água ou suco de frutas, e de alimentos como cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, que contêm betacaroteno, substância natural que pode ser revertida em vitamina A e agir como antioxidante, ajudando a proteger as células dos radicais livres.

O suplemento alimentar é uma alternativa que tem sido bastante procurada no mercado, oferecendo vários benefícios à saúde e contribuindo para o bom funcionamento do organismo. Entre eles está o Betacaroteno Apisnutri, suplemento em cápsulas de vitamina A, que fortalece o sistema imunológico e auxilia na absorção do ferro, na saúde da visão e na manutenção da mucosa e da pele.

O suplemento pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e na loja on-line da Apisnutri.

Clique aqui e saiba mais.

Por Denise Vilar

Últimas postagens

Artigos

Cadastre-se em nossa Newsletter

Encontre os melhores produtos em nossa loja virtual

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print