Como amenizar o intestino preso?

Home » Saúde » Como amenizar o intestino preso?
a

Quem tem o intestino preso conhece bem a sensação de desconforto diário.

Algumas pessoas sofrem com esse problema quase a vida toda, e acabam por achar normal essa condição. No entanto, é possível regularizar o funcionamento do intestino de forma natural.

A constipação, mais conhecida como intestino preso, é a evacuação com consistência exageradamente endurecida, em quantidade e frequência diminuídas. Apresenta, pelo menos, dois dos seguintes sinais:

  • Dificuldade nas evacuações;
  • Sensação de evacuação incompleta (intestino cheio);
  • Fezes duras ou caprinas (bolinhas);
  • Menos de três evacuações por semana.

Quais são as causas?

É necessário saber reconhecer quais hábitos estão causando o mau funcionamento intestinal e, dessa forma, realizar as mudanças certas para obter um bom resultado. Além disso, é essencial ter consciência de seu organismo para conseguir identificar a ocorrência de alguma doença como causa. O ideal é procurar atendimento de um profissional da saúde, pois, neste caso, apenas mudar os hábitos alimentares não será suficiente.

Alimentação

Alimentação desequilibrada é uma das causas, principalmente a baixa ingestão de fibras devido ao consumo exagerado de alimentos industrializados e refinados. Também existem alguns alimentos, os chamados constipantes, que podem influenciar quando consumidos em excesso. Não é necessário eliminá-los da dieta, mas consumi-los de forma moderada.

Em uma alimentação saudável é possível comer de tudo, basta equilibrar as quantidades.

Desidratação

É muito importante consumir a quantidade ideal de água e líquidos, em geral, pois a desidratação também pode ocasionar a constipação. A baixa ingestão de água deixa as fezes muito endurecidas, dificultando sua movimentação pelo intestino.

Sedentarismo

No organismo todas as funções estão conectadas e se influenciam, mesmo que não seja diretamente relacionada com a digestão, a falta de atividade física diminui o funcionamento do intestino. Praticar alguma atividade física, como a caminhada, por exemplo, também contribui para a saúde.

O que fazer para melhorar?

Beba água antes da sede aparecer: Separe uma garrafa para uso individual e deixe sempre visível para não esquecer, dessa forma fica mais fácil controlar a quantidade consumida durante o dia, que é em torno de dois litros diários. Além da água, outros líquidos podem ser incluídos no dia a dia, como água de coco e sucos naturais, por exemplo. Mas sem exagero!

Tenha uma alimentação saudável: Alimentos como frutas, verduras e legumes contêm fibras – substâncias que melhoram a consistência das fezes, ajudando o intestino a trabalhar. Vale reforçar que o consumo de fibras deve ser obrigatoriamente associado à ingestão adequada de água.

O mamão, além de seus benefícios, contém uma substância chamada papaína, que ajuda na digestão e, consequentemente, no alívio da prisão de ventre.

Os chamados alimentos probióticos, como iogurte natural e kefir, têm bactérias que são benéficas ao intestino e ajudam a melhorar seu funcionamento. Então, é interessante consumi-los para repor a chamada flora intestinal, por meio de alimentos ou suplementos.

Os prebióticos são alguns alimentos que contêm fibras solúveis, substâncias que servem de alimento para as bactérias boas mencionadas anteriormente. Um dos alimentos mais conhecidos e fáceis de inserir na alimentação é a aveia.

Pratique atividade física: Não é necessário tornar-se atleta para melhorar o funcionamento do intestino, é preciso apenas sair do sedentarismo. Basta escolher uma atividade física, manter a constância dos exercícios e aproveitar os benefícios.

ApisNutri

Sempre em constante evolução, a ApisNutri possui uma linha de nutracêuticos e alimentos funcionais. São diversos produtos com comprovada qualidade e eficiência de seus princípios ativos, como o mix de fibras Seven Fiber.

O Mix apresenta em sua formulação sete fibras alimentares solúveis e insolúveis que auxiliam na manutenção do funcionamento intestinal. Não contém calorias e açúcar; sua embalagem rende 45 porções para consumo diário.

Clique aqui e saiba mais.

Últimas postagens

Artigos

Cadastre-se em nossa Newsletter

Encontre os melhores produtos em nossa loja virtual

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print