Até que ponto o esquecimento é normal?

Home » Memória » Até que ponto o esquecimento é normal?

A sociedade atual vive um verdadeiro excesso de informações e estímulos que chegam de todas as partes, o que explica, em parte, a dificuldade que as pessoas têm de se concentrar. Quadros de esquecimento, até certo ponto, são normais e podem acometer pessoas de todas as idades, inclusive crianças. A falta de foco e de concentração, por sua vez, pode tornar os episódios de esquecimento e lapsos de memória cada vez mais frequentes.

Quem nunca esqueceu as chaves em casa em um dia atribulado ou deixou de comparecer a uma consulta médica por não ter se lembrado a tempo do compromisso?

O esquecimento, portanto, faz parte da sociedade atual e, até certo ponto, é uma consequência esperada no contexto atual em que vivemos. O problema é quando os lapsos de memória passam a ser muito frequentes e a prejudicam a rotina e a qualidade de vida, sinalizando problemas de saúde mais sérios.

Conheça a seguir as principais causas e sintomas do esquecimento e saiba quando procurar ajuda especializada.

ESQUECIMENTO: CAUSAS MAIS COMUNS

Estresse e ansiedade:

O estresse e a ansiedade causam muitos problemas a nossa saúde e qualidade de vida e pode desencadear no indivíduo episódios de esquecimento.

Ao nos sentirmos estressados e ansiosos, iniciamos um processo de liberação excessiva de um hormônio chamado cortisol, que nos deixa em estado permanente de alerta e hipervigilância, que pode levar a perda repentina de memória.

Você certamente já se deparou com alguém que estudou com afinco para uma prova e, na hora do teste, sofreu uma espécie de apagão. Pois bem. Uma das causas que explica este fenômeno é o excesso de cortisol e adrenalina no organismo.

Excesso de atividades e estímulos externos:

Nossa sociedade exige de nós produtividade e ação extremas. São poucas as oportunidades que temos de relaxar e descansar. Todo este excesso torna a mente hiperestimulada e inquieta, tornando difícil se concentrar e manter o foco em atividades de rotina mais repetitivas que demandem a nossa atenção.

Entramos no modo piloto automático e, com ele, nos tornamos desatentos. Isso acontece com pessoas de todas as idades, inclusive com as crianças.

Privação de Sono:

Outra causa bastante comum que pode explicar episódios de esquecimento é a privação de sono.

O descanso suficiente é fundamental para a saúde da mente. Quando não descansamos o necessário, a mente perde sua potência e passamos a perceber uma queda nos níveis de concentração e foco, dificuldades de aprendizagem e raciocínio lento.

Quando procurar ajuda especializada:

Episódios de esquecimento, na maioria das vezes, são normais, afetam pessoas de todas as idades e decorrem muitas vezes do estilo de vida do indivíduo, bastando, portanto, um ajuste na rotina para resolver o problema.

Se este for o seu caso, procure se alimentar melhor, praticar atividades físicas regularmente, ajustar a rotina de sono e praticar atividades que ajudem a aquietar e descansar a mente, como yoga, meditação e relaxamento, por exemplo. Porém, se os episódios persistirem e se tornarem frequentes a ponto de pessoas ao seu redor perceberem o problema, é importante consultar um médico neurologista, pois pode ser o indicativo de uma doença mais grave, como a Doença de Alzheimer, por exemplo.

SMART UP da APISNUTRI

Smart Up é um suplemento especialmente desenvolvido pela ApisNutri, que contém vitaminas, minerais e componentes que ajudam a melhorar a concentração, o raciocínio, a memória e o foco.

Conheça os detalhes do produto clicando aqui.

Últimas postagens

Categorias de Posts

Cadastre-se em nossa Newsletter

Encontre os melhores produtos em nossa loja virtual

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print